Minhas leituras favoritas de 2017

2017 está quase acabando e, por isso, decidi elencar algumas das leituras que mais me marcaram ao longo do ano. Buscar essas histórias em minha memória foi uma experiência incrível, pois pude recordar o amor que tive por todas elas! Enfim, vamos às obras, que de antemão já recomendo a todos!


Design sem nome

“Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis: 2017 foi um ano em que me aventurei na obra de Machado de Assis, e “Memórias Póstumas de Brás Cubas” foi, sem dúvidas, uma das leituras mais inesquecíveis que já fiz na vida. Costumo dizer que as melhores histórias são aquelas que possuem começos ou finais impactantes. E adivinha? Esse livro tem os dois!

“Cem Anos de Solidão”, de Gabriel García Márquez: Gabo foi uma das minhas maiores descobertas do ano e, mesmo tendo lido apenas duas de suas obras, ele já entrou para a minha lista de escritores favoritos da vida! O que mais me cativou nos livros dele não foram somente o enredo e as personagens – que são inesquecíveis, sem dúvida! – mas principalmente a magia da escrita do autor. É simplesmente impossível não se sentir fascinado com a habilidade que ele possui com as palavras! E, claro, isso fica muito evidente em “Cem Anos de Solidão” – uma obra que não esquecerei tão cedo…

“Hibisco Roxo”, de Chimamanda Ngozi Adichie: Outra escritora que me conquistou em 2017 foi Chimamanda! Devo admitir que não costumo ler obras contemporâneas, mas sempre tive curiosidade em relação à autora. Por fim, não é que os livros dela superaram – e muito – as minhas expectativas? Acredito que suas histórias tornam-se especialmente marcantes por tratarem de temas tão relevantes na atualidade. “Hibisco Roxo”, por exemplo, explora a questão da intolerância religiosa e, por isso, acredito que é uma leitura obrigatória no contexto em que vivemos.

“Anna Kariênina”, de Liev Tolstói: Apesar de ser um calhamaço, esse história passou voando! Mesmo tendo sido escrita na Rússia do século XIX, “Anna Kariênina” é ainda extremamente atual, por retratar uma sociedade hipócrita, machista – e o modo como Tolstói o faz com maestria torna essa experiência um verdadeiro “soco no estômago”!

design-sem-nome1.png

“A Metamorfose”, de Franz Kafka: Essa foi outra leitura impactante que fiz em 2017. A obra é ainda hoje uma das mais icônicas da literatura, e isso não é à toa: o modo como a transformação de Gregor é narrada de forma crua, impessoal, leva-nos a fazer reflexões sobre vários assuntos: as relações baseadas em interesse, a alienação… Acredito que uma das fases mais interessantes de minha experiência com o livro foi o “pós-leitura”, isto é, conhecer as diversas interpretações e análises que já foram feitas acerca do tema. Afora isso, “A Metamorfose” é de fato uma história instigante, daquelas que nos prendem ao longo de toda a narrativa!

“Morte no Nilo”, de Agatha Christie: Como já comentei diversas vezes por aqui, Agatha Christie é uma das minhas escritoras favoritas e, por isso, não podia faltar uma obra da autora nesta lista. Dentre as leituras da Agatha que realizei em 2017, “Morte no Nilo” foi, sem dúvidas, aquela que mais me envolveu. A razão disso não foi exatamente a revelação do “culpado” do crime – afinal, esse é um elemento presente em muitas outras histórias da autora – mas sim o modo como a tensão foi desenvolvida. Houve cenas, inclusive, que fizeram sentir-me realmente apreensiva, o que não costuma ocorrer durante minhas leituras. Em resumo, “Morte no Nilo” está mais do que recomendado!

“Todos os Contos”, de Clarice Lispector: Após ler e adorar algumas das narrativas da autora, decidi me dedicar à leitura de seus contos completos. Nem preciso dizer que amei a experiência, em especial a forma como acontecimentos cotidianos levam os personagens a profundas reflexões! Além disso, foi interessante observar as histórias em seus dois aspectos: a parte superficial, ou seja, o próprio enredo; e as significações por trás dele. Certamente, irei reler essa obra no futuro.

“Capitães da Areia”, de Jorge Amado: Essa foi uma leitura obrigatória na escola, o que para mim foi um verdadeiro presente! Adorei como cada personagem ganhou vida ao longo das páginas, tendo as próprias personalidades e defeitos, sem falar que o final realmente me tocou: eu quase chorei após concluir a história!


E vocês? Quais foram suas melhores leituras de 2017?

Feliz Ano Novo e até a próxima!

 

12 comentários sobre “Minhas leituras favoritas de 2017

  1. Olá, boa tarde-noite desse dia primeiro. Ainda não fiz uma análise sobre minhas leituras em 2017. Sempre faço isso em janeiro. Não gosto de avaliar o ano dentro dele mesmo. Manias minhas.
    Mas sei que amei re-ler Susan Sontag e pousar em Patti Smith (tanto com ‘só garotos’ como ‘linha m’) e sei que gostei de outros livros, mas essas duas mulheres-autoras fizeram um ‘bom estrago’ em minha pele-alma.

    Feliz ano novo!
    bacio

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi! Também esperei bem para o finalzinho do ano para rever minhas leituras… Aliás, percebo agora que reli algumas obras em 2017, um hábito que não tinha e que, com certeza, pretendo inserir em minha rotina novamente. É tão bom revisitar nossas obras amadas, não é?
      Ah, e em relação a Patti Smith, tenho cada vez mais curiosidade quanto à autora, pois só vejo comentários positivos sobre as obras dela…
      Feliz Ano Novo para você também!!!

      Curtir

  2. Também gosto muito de “Memórias Póstumas de Brás Cubas”. Vou reler esse ano por causa de um projeto do blog (^_^). Ainda não li “Cem Anos de Solidão”, mas curiosidade não falta. Estou lendo atualmente “Anna Kariênina” (*adorando*). “A Metamorfose” também entrou na minha lista de melhores leituras de 2017. Oh livro incrível! Feliz 2018, Maria Luiza!

    Curtido por 1 pessoa

    • Eu realmente amei essas leituras e pretendo, com certeza, refazê-las no futuro! Interessante como esses livros são quase unanimidade entre nós, leitores, né? 🙂
      Obrigada pelo comentário e feliz 2018 para você também!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s