Projeto Leia + Contos | “Pausa”, de Moacyr Scliar

Este post faz parte do Projeto Leia + Contos. Aqui, farei uma breve discussão sobre o conto “Pausa”, de Moacyr Scliar, o qual pode ser lido clicando aqui. Depois, não se esqueça de voltar para trocarmos nossas opiniões! 😉

Alienated II, ilustração de Natalie Foss

No século XXI, nossa vida é cada vez mais ditada pelo tempo, pela rotina. Nossos dias são cronometrados, de modo que consigamos realizar o maior número de atividades num curto espaço de tempo. Diante disso, quem nunca desejou refugiar-se, ao menos por alguns segundos, dessa realidade desesperada?

É com esse intuito que Samuel, o protagonista do conto “Pausa”, hospeda-se em pleno domingo num hotel. Adotando um nome diferente, também na tentativa de distanciar-se de sua vida cotidiana, o personagem recolhe-se no quarto e, após uma rápida refeição, dorme. Porém, quando o despertador toca, ele é levado a retornar para o “mundo real”.

Nesse texto, é interessante notar que, embora Samuel busque obter uma pausa das atribulações da modernidade, é certo que ele não consegue de todo alcançar esse objetivo: além de permanecer angustiado durante o sono, em razão do sonho tido, ainda tem de lidar com o grande inimigo do homem contemporâneo – o relógio, o fio que o mantém preso à realidade.

É claro que o autor aborda o tema de maneira um tanto fantasiosa; afinal, reservar um dia da semana para nos hospedarmos num hotel não é um meio tão prático de esquecermos o dia a dia. Contudo, sempre podemos contar com a leitura para essa finalidade – que modo melhor de nos distanciarmos, mesmo por um breve instante, de nossos problemas?

Eis a fórmula para uma boa pausa da agitação diária: sente-se numa poltrona confortável, tenha um exemplar em mãos (ou leitor digital, mas sou daquelas leitoras antiquadas que ainda preferem o manuseio das obras e o cheirinho de livro novo…) e simplesmente mergulhe nas páginas. Não há erro!

4 comentários sobre “Projeto Leia + Contos | “Pausa”, de Moacyr Scliar

  1. Eu já fiz isso certa vez. Sai de casa e fui para um hotel, apenas para ficar longe da minha realidade por alguns instantes e curtir a cidade sem pensar a casa e tudo que vem com ela. Despir-se deses quadrado que aprisiona nossos gestos. rs
    Foi uma experiência interessante e gostei.
    Aqui em São Paulo, muitas pessoas tem adotado essa idéia de viagem… dentro da própria cidade, que é tão grande que a gente desconhece porque está sempre preso no vai e vem mais comum-rotineiro.

    bacio

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s